Facebook PixelPanax ginseng | Manipulaê

Panax ginseng

Administração

Administração

Uso Oral

Icone princípio ativo controlado

Controlado

Sim

Tem uma receita com o Panax ginseng ? Cote agora

Indicação

O uso do Panax Ginseg ajuda: - A regular a pressão arterial; - Reduz o cansaço e a fadiga; - É um excelente tônico cerebral; - Reduz o cortisol (hormônio responsável pela sensação de nervosismo e estresse); - Melhora a circulação sanguínea (a variação utilizada para isso é o ginseng coreano); - Melhora a concentração e a memória, principalmente de pessoas que estudam ou trabalham bastante; - Previne gripes e resfriados, especialmente em idosos e pessoas com a imunidade baixa; - É rico em antioxidantes, o que traz vários benefícios e ajuda a prevenir o câncer; - Promove bem-estar ao combater a sonolência e o cansaço; - Combate os sintomas da disfunção e da impotência sexual ao melhorar a circulação sanguínea.

Posologia

A dosagem utilizada é de 3 a 10 g da raiz em 500 mL de água.

Interações medicamentosas

O uso do Panax ginseng pode interferir com a ação de medicamentos antidiabéticos, devido ao efeito hipoglicêmico do extrato, bem como reduzir a atividade de anticoagulantes, como a varfarina.

Nossos especialistas não encontraram nenhum dado científico relevante que indique restrição de uso.

As reações encontradas são: - Gastrintestinais leves, - Transitórias (como náusea, dor de estômago e diarréia), - Insônia. Há relatos de efeitos estrogênicos em mulheres, como mastalgia (dor nos seios).

O uso contínuo do Panax Ginseg pode causar a “síndrome de abuso do ginseng”, com: - Nervosismo, - Agitação, - Insónia, - Hipertensão arterial, - Urticária, - Diarreia matinal. Não se deve utilizar quando se possui: - Trombose coronária, - Doenças cardíacas severas, - Hemorragias, - Hipersensibilidade.

Siga as orientações médicas e procure uma Farmácia de Manipulação para manipular o seu produto.

ALONSO, J.R., Tratado de Fitomedicina.Isis Ediciones. 1998. FERNANDES, A. V. F. Ginseng (Panax ginseng). 2011. Tese de Doutorado. [sn]. POLUNIN, M.; ROBBINS, C., A Farmácia Natural. Editora Civilização. 1992. PR VADEMECUM DE PRECRIPCIÓN DE PLANTAS MEDICINALES (CD-ROM). 3º edição. 1998. READER’S DIGEST Segredos e Virtudes das Plantas Medicinais. 1º edição. 1983 SIMÕES, C. M. O. Farmacognosia da Planta ao Medicamento. 1999. SOARES, A. D. Dicionário de Medicamentos Homeopáticos. Santos Livraria Editora. 2000

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Envie sua receita!
Ilustração de um mini mapa com marcador