Minoxidil | Manipulaê

Minoxidil

Administração

Administração

Uso Oral<br>Uso Tópico

Icone princípio ativo controlado

Controlado

Sim

Tem uma receita com o Minoxidil? Cote agora

Indicação

O Minoxidil é um potente vasodilatador musculotrópico (direto), pertence às peperidinpirimidinas, que atuam diretamente sobre a musculatura lisa vascular, igualmente à hidralazina; mas a diferença desta é que o seu efeito anti-hipertensivo é mais intenso e prolongado. Devido a sua poderosa ação vasodilatadora capilar sem venodilatação, origina um aumento reflexo do tônus simpático e da retenção hidro-salina. Absorve-se de forma rápida e completa pela mucosa digestiva e alcança seu efeito vasodilatador máximo em 2 ou 3 horas. Sua meia-vida plasmática é de 4 horas e seu efeito vasodilatador pode durar de 1 a 3 dias. Metaboliza-se amplamente pelo fígado e é eliminado como droga livre (10-15%) e metabolizado pela urina. O efeito antialopécico é explicado pelo maior fluxo vascular cutâneo.

Entre suas ações terapêuticas estão: Anti-hipertensivo-vasodilatador. É usado em emergências hipertensivas, hipertensão maligna ou refratária. De forma tópica, é utilizado em tratamento de alopecia androgênica ou outras formas de alopecia.

Posologia


Uso interno: Anti-Hipertensivo de 10 a 50 mg/dia. Dose inicial para adulto, 2,5 a 5mg/dia. Recomenda-se uma dose máxima de 100 mg/dia.

Uso externo: De 1 a 5% Alopécia: solução 2%, aplicar 1ml, 2 vezes/dia na área alopécica, friccionando com suavidade. O tratamento dura 90 dias.

Interações medicamentosas

O uso concomitante do Minoxidil, via oral, com anti-hipertensivos parenterais potentes pode produzir hipotensão grave. Não deve ser administrado por via tópica com outros fármacos tópicos que aumentam a absorção como corticoesteróides, retinóides ou com bases de pomadas oclusivas.

-

Embora raros, podem ser apresentados eritema local, descamação, prurido, hipotensão arterial, náuseas, fadiga, erupção cutânea, cefaléia. Retenção hidrossalina com edemas, hipertricose.

Seu uso é contraindicado em caso de hipersensibilidade ao fármaco.

Minoxidil Base e Minoxidil Sulfato: Ambas as formas de Minoxidil podem ser utilizadas tanto internamente quanto externamente, porém recomendamos uma diferenciação devido a farmacocinetica de cada um deles. O Minoxidil Base é a forma mais recomendada para uso interno, o qual será melhor absorvido. Já o Minoxidil Sulfato é a forma de escolha para uso tópico, devido a sua facilidade de solubilização

1. Formulário Médico Farmacêutico, 2a edição. São Paulo: Tecnopress, 2002. 2. Manual de incompatibilidades farmacotécnicas para preparações de uso tópico. ANFARMAG, 2003. 3. Martindale, guia completa de consulta farmacoterapéutica. 2a edição espanhola. Barcelona: Pharma editores, 2006. Pág. 1222 e 1223.

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Envie sua receita!
Ilustração de um mini mapa com marcador