Fosfatidil Colina

Administração
Administração

Uso Oral

Icone princípio ativo controlado
Controlado

Sim

Tem uma receita com o Fosfatidil Colina? Cote agoraCotar Receita
Indicação

A Fosfatidil Colina pode ser indicada para ajudar a restaurar as funções do fígado em vários problemas, incluindo fibrose alcoólica e possivelmente hepatite viral. Pode também ser indicado para o tratamento de algumas condições maníacas. Existem algumas evidências de que a Fosfatidil Colina pode ser útil no gerenciamento da doença de Alzheimer e outras desordens cognitivas. Um possível futuro papel em terapia de câncer é também suposta pela recente pesquisa. Isso pode também ser indicado em pessoas com disquinesia tardia.
Para uso externo, atua como solubilizante, emoliente e emulsionante e é indicado para tratamento da pele normal à seca. Para tratamento dos cabelos melhora a penteabilidade e diminui as cargas eletrostáticas. Também pode ser usado como auxiliar no tratamento da gordura localizada.

Posologia

Uso oral, em geral, recomenda-se doses de 300-400 mg, três vezes ao dia, totalizando 900-1.200 mg ao dia, podendo-se atingir doses de até 4 g ao dia, segundo critério médico.
Uso tópico, de 2 a 10% em preparações cosméticas.

Interações medicamentosas

Não são conhecidas interações com o produto.

-

Nenhum efeito colateral relevante foi relatado. Efeitos colaterais médios foram notados ocasionalmente como náusea, diarreia e aumento da salivação em algumas pessoas. Isso vale para qualquer forma de Fosfatidil Colina.

Não foram relatadas contra-indicações com o produto.

Antes de desenvolver o seu produto manipulado, peça orientação para um (a) profissional. Assim, você conseguirá obter melhores resultados e com mais segurança.

1. Atoba MA, Ayoola EA, Ogunseyinde O. Effects of essential phospholipid choline on the
course of acute hepatitis-B infection. Trop Gastroenterol. 1985; 6:96-9.
2. Buko V, Lukivskaya O, Nikitin V, et al. Hepatic and pancreatic effects of
polyenoylphosphatidylcholine in rats with alloxan-induced diabetes. Cell Biochem
Funct. 1996; 14:131-137.
3. Canty DJ, Zeisel SH. Lecithin and choline in human health and disease. Nutr Rev. 1994;
52:327-339.
4. Cohen BM, Lipinski JF, Altesman RI. Lecithin in the treatment of mania: double-blind,
placebo-controlled trials. Am J Psychiatry. 1982; 139:1162-1164.
5. Gelenberg AJ, Dorer DJ, Wojcik JD, et al. A crossover study of lecithin treatment of
tardive dyskinesia. J Clin Psychiatry. 1990; 51:149-153.

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Envie sua receita!
Ilustração de um mini mapa com marcador