Saúde dos pais: como ficam com a chegada de um filho

Com a chegada de um filho na rotina de um casal é muito especial e desejado, mas também é uma mudança na vida do casal e muitas vezes acabam deixando de lado a sua saúde e por isso é muito importante consumir algumas alimentos, frutas e suplementos para cuidar de seu filho.

Três pessoas sorrindo olhando para um exame

A chegada de um filho é um momento muito especial e desejado pelos pais. Esse período é marcado por muitas mudanças na rotina de um casal em seus lares. O horário de sono, alimentação, banho e outros terminam sendo modificado com a chegada de um bebê em casa. É normal que nas primeiras semanas a rotina esteja mudada. A alimentação é um dos fatores que deve estar ajustada na rotina, uma vez que há necessidade de muita energia para cuidar do seu filho.

Alguns alimentos como frutas, verduras, cereais integrais, leguminosas, oleaginosas e alguns suplementos após a avaliação de uma nutricionista ou especialista podem otimizar a saúde dos pais. Afinal a saúde é primordial e deve ser mantida para que este momento seja satisfatório e feliz.

Leia também, como a vitalidade influencia na rotina entre pai e filho.

Beta glucana

A beta glucana é considerada um polissacarídeo, é encontrada em alguns alimentos como cogumelos, cereais como aveia e cevada e também em leveduras como a  Saccharomyces cerevisiae. Essa levedura é muito utilizada para a produção de cervejas e pães, mas quando inativada por aplicação de temperatura a sua capacidade de fermentar se perde. A levedura nutricional é composta por fibras como a beta glucana. A beta glucana presente na levedura contribui para a saúde da microbiota intestinal, imunidade, manutenção dos níveis de glicose dentre outros benefícios favorecendo a saúde.

Ômega 3

O ômega 3 tem sido um suplemento muito recomendado, principalmente devido aos efeitos benéficos observados em estudos e pesquisas. Os benefícios do ômega 3 estão associados a dois ácidos o EPA (ácido eicosapentaenóico) e DHA (acido docosahexaenóico), essas duas substâncias presentes no ômega 3 estão associados a redução do risco de algumas doenças como as cardíacas, melhora dos níveis de LDL, triglicérides, recuperação em exercícios, ação anti-inflamatória dentre outros. O nosso corpo não consegue fabricar o ômega 3 e ele deve ser fornecido pela alimentação ou suplementação.

Leia também, os benefícios do Ômega 3 para a saúde.

As fontes alimentares podem ser:  salmão, sardinha, atum, arenque, cavalinha e de fontes vegetais como as algas marinhas. Esses peixes sintetizam os ácidos docosahexaenóico (DHA) e o ácido eicosapentaenóico (EPA), a partir do acido alfa linolênico (LNA) um ômega 3 de origem vegetal, que se encontram no fitoplancton que esses peixes se alimentam.

O DHA por exemplo tem papel importante na proteção do cérebro e dos olhos. Ele  possui ação antioxidante e favorece a conexão entre os neurônios do cérebro, o que auxilia na memória, atenção e no raciocínio.

O cérebro é composto por 40% de DHA e 60% de gordura e, por isso, o consumo deste ácido graxo está relacionado com a melhora da saúde da mente, auxiliando na capacidade de aprendizagem no humor e consequentemente na qualidade de vida.

Vitamina C

A vitamina C ou ácido ascórbico está presente em diversos alimentos e é considerado um nutriente essencial. Essa vitamina pode ser encontrada nos vegetais e também nas frutas que tem como função neutralizar a ação dos radicais livres contribuindo para minimizar os danos nas células além de outras funções importantes como a contribuição para melhorar e fortalecer o sistema imune reduzindo os casos de gripes e resfriados. Além de um melhor sistema imunológico a vitamina C também auxilia na absorção do ferro e contribui para uma melhor cicatrização.

Vitamina D

A vitamina D tem sido muito comentada nos últimos períodos e de grande relevância para um bom desempenho do sistema imune. Essa vitamina é ativada através da exposição da pele à radiação ultravioleta por pelo menos 5 a 10 minutos ao dia, priorizando o início da manhã e final da tarde As fontes dietéticas como  salmão, atum, arenque, ovos e outros podem fornecer a vitamina, porém o consumo desses alimentos é considerado baixo pela população ocidental, e combinando com estilo de vida atual de trabalhos dentro de escritórios, comportamentos de evitar o sol, incluindo uso de filtro solar, esses fatores contribuem para que os níveis dessa vitamina tenham sido considerados cada vez mais baixos na população.

Leia também, os benefícios da vitamina D manipulada no organismo.

As consequências da deficiência de vitamina D para a saúde está relacionada a problemas esqueléticos associado a má absorção de cálcio, raquitismo, osteoporose em adultos, contribuindo para risco de fraturas espontâneas, fraqueza muscular, doenças autoimunes, como diabetes mellitus esclerose múltipla, doença inflamatória intestinal e artrite reumatoide. A sua deficiência causa sintomas como, fadiga, cansaço, dores nos ossos, costas, dificuldade de cicatrização, infecções frequentes e perda óssea.

A vitamina D também tem papel importante que é permitir que o cálcio e o fósforo dos alimentos sejam absorvidos no intestino, e em quantidades adequadas para manter e regular o funcionamento celular, neuromuscular, saúde dos ossos, contribuindo com um crescimento e reparação adequada.

Cuidados com a alimentação

Os cuidados com a alimentação não devem ser deixados de lado ou esquecido. Aliás alimentar-se bem faz parte de um processo de longo prazo para obtenção da saúde e de estímulo a uma boa alimentação de seu filho após o período de amamentação. Afinal os alimentos são nosso combustível para acompanhar o crescimento de um filho.

Segue algumas dicas para manter a saúde com a nova rotina de chegada de um filho.

-Tenha rotina de limpeza e organização

-Preze pelas coisas práticas

-Deixe verduras e frutas pré higienizadas na geladeira

-Tenha na geladeira ou despensa alimentos saudáveis

-Prefira os alimentos frescos

-Limite a compra de produtos processados

-Não desanime, cozinhar e preparar seu alimento é um ato de amor com a sua saúde e da família.

-Procure um profissional especialista quando achar que é necessário

Leia também, como fazer o seu filho ter uma alimentação nutritiva.

Algumas dicas para dormir

  • Evite assistir televisão próximo do horário de dormir
  • O computador deve ser desligado 30 minutos antes de dormir
  • Procure ter uma rotina com horários para dormir
  • Evitar as luzes intensas a noite
  • Evite ficar olhando o celular próximo do horário de dormir
  • Apague a luz do quarto, deixe o ambiente bem escuro
  • O ambiente para dormir deve ser calmo
  • Cochile apenas 10 a 30 minutos após almoço, esse tempo é suficiente para não atrapalhar o sono noturno
  • Pratique atividade física diariamente sempre com orientação de um especialista

Leia também, qual os benefícios de dormir bem.

Estabelecer uma rotina com a chegada de um filho não é nada fácil, mas demanda muita força de vontade e organização. Não deixe de procurar um especialista quando achar que é necessário, alguns suplementos poderão auxiliar neste momento de demanda de muita energia.

Caso tenha alguma receita suplemento ou vitamina manipulada em mãos, acesse agora a Manipulaê e envie sua receita. Em breve você recebera os orçamentos das farmácias de manipulação perto de você, de forma simples, fácil e segura.

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

Como diminuir o estresse: quais manipulados podem ajudar

Saiba como diminuir o estresse com o uso de manipulados, quais os medicamentos indicados e seus efeitos

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Como aumentar a imunidade com vitaminas

Aumentar a imunidade é uma tarefa um pouco difícil para algumas pessoas que possuem deficiência das vitaminas no organismo, por isso, as vitaminas entram em ação para ajudar.

Roberta Saraiva Giroto Patrício

5 hábitos para aumentar a endorfina e serotonina

A endorfina e a serotonina são conhecidas como hormônios da felicidade, sendo fundamentais para o bem-estar e qualidade de vida mental e física

Vanessa Luisa P.P Sollitari