Riscos da automedicação, por que a medicação deve ser feita com responsabilidade?

Existem inúmeros riscos da automedicação, ainda assim, muitos brasileiros insistem em continuar tomando remédios sem prescrição ou recomendação médica.

May 04, 2021
prateleira com várias caixas de medicamentos

Existem inúmeros riscos da automedicação, ainda assim, muitos brasileiros insistem em continuar tomando remédios sem prescrição ou recomendação médica. Quem nunca consumiu um medicamento por recomendação de um parente, um amigo ou mesmo por intuição própria?

Apesar de ser muito praticada (e até mesmo naturalizada) a automedicação pode trazer sérios riscos para a saúde. Por isso, a medicação deve sempre ser feita de forma consciente e responsável, prescrita por um profissional.

O que é automedicação?

Como o nome sugere, a automedicação é o ato de tomar medicamentos sem uma prescrição ou recomendação médica, como se o paciente estivesse prescrevendo o remédio para si mesmo.

Existem remédios que são facilmente comprados em qualquer farmácia, mas ainda assim, é preciso tomar muito cuidado com os medicamentos que consumimos, pois cada um tem uma reação diferente.

Automedicação no Brasil.

Um dado do Conselho Nacional de Farmácia revelou que o Brasil está entre os 10 países que mais consomem medicamentos, sendo que muitos são consumidos de forma imprudente.

Outro levantamento, também feito pelo Conselho Nacional de Farmácia, mostrou que a automedicação é praticada por 77% dos brasileiros, sendo que ¼ dos que praticam o fazem todos os dias ou pelo menos uma vez por semana.

E por fim, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que metade dos brasileiros faz uso irresponsável de medicamentos. Todos esses dados mostram que o brasileiro tem a automedicação como hábito, algo muito nocivo tendo em vista os riscos que essa prática pode trazer.

Quais são os riscos da automedicação?

Como dito, a automedicação é muito praticada pelos brasileiros, e o Brasil é um dos países que mais toma remédio no mundo. No entanto, existem vários riscos da automedicação, e praticá-la pode trazer sérios prejuízos para a saúde do paciente.

Por isso, é importante tomar remédio apenas com recomendação e prescrição médica, e evitar a automedicação. Listamos abaixo alguns riscos da automedicação, depois falaremos de cada um deles.

- Dependência química

- Reações alérgicas

- Resistência a certos medicamentos

- Intoxicação

Dependência Química

Um dos riscos da automedicação é a dependência química, ou seja, seu organismo acabar dependente daquela substância. Devemos lembrar que os remédios são drogas lícitas, portanto, eles podem causar vício.

Um levantamento mostrou que os principais medicamentos usados sem controle são analgésicos e antitérmicos. Assim como em todo vício, o corpo da pessoa viciada em medicamentos precisa de cargas cada vez mais altas, e a tentativa de abandonar o vício pode resultar em sintomas análogos a de uma síndrome de abstinência.

Reações Alérgicas

Existem vários medicamentos disponíveis para tratar a mesma doença, por isso que a consulta com um profissional é tão importante, pois dentre todas as opções disponíveis ele irá recomendar a que for ideal para cada paciente.

Isso porque cada paciente tem um organismo diferente, e pode acabar reagindo a certos medicamentos de formas diferentes.  Uma das funções da medicação responsável é evitar reações alérgicas, um risco comum da automedicação.

Resistência a certos medicamentos

Com o uso excessivo de certos medicamentos, o corpo pode acabar adquirindo resistência a eles, reduzindo ou neutralizando seus efeitos.

Isso acontece com a automedicação, pois nela o paciente não sabe a dosagem certa do remédio que está consumindo, aumentando os riscos de uma dosagem excessiva.

Assim, o seu corpo acaba ficando resistente ao medicamento, e se um dia ele tiver uma doença séria e precisar usar esse medicamento (ou um semelhante) ele não fará efeito.

Intoxicação

Um dado levantado pelo  Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (SINTOX) revelou que 28% dos casos de intoxicação são causados pela automedicação.

Sem dúvida, um dos grandes perigos da automedicação é a intoxicação. Ela pode causar uma série de problemas, como sudorese, diarréia e febre. Dependendo da situação, pode até levar à morte.

Caso tenha uma receita em mãos, envie agora para a Manipulaê e receba os melhores orçamentos das farmácias de manipulação da sua região.

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

Albumina manipulada: como manipular

A albulmina manipuladas, são proteínas fundamentais para o funcionamento do corpo. Descubra como manipular nas farmácias de manipulação.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Testosterona manipulada: fórmula e dosagem

Testosterona manipulada, saiba tudo sobre ela, desde as fórmulas, até as dosagens e melhores preços nas farmácias de manipulação.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Resveratrol manipulado: conheça mais sobre

Resveratrol manipulado, conheça seus benefícios, como encontrar e os melhores preços nas farmácias de manipulação do Brasil.

Vanessa Luisa P.P Sollitari