Diminua o estresse com o cortisol

O cortisol tem a função de ajudar o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, contribuir no funcionamento do sistema imune e manter os níveis de açúcar no sangue.

March 18, 2019
imagem de um médico com jaleco branco segurando quadradinhos com letras em preto escrito "cortisol"

O Cortisol tem a função de ajudar o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, contribuir no funcionamento do sistema imune, sendo fundamental para o nosso organismo.

Por isso, trouxemos algumas informações sobre como o cortisol pode ajudar o organismo e a diminuir o estresse.

Como se produz o cortisol?

O Cortisol é uma hormona corticosteróide da família dos esteróides, produzido pela parte superior da glândula supra-renal (no córtex suprarrenal, porção fasciculada ou média) diretamente envolvido na resposta ao estresse.

Sua forma sintética, chamada de hidrocortisona, é um anti-inflamatório usado principalmente no combate às alergias, a artrite reumatóide (Britannica) e alguns tipos de cancro. O nome cortisol, deriva de córtex.

O que acontece com o cortisol baixo?

Se o cortisol estiver baixo, vários efeitos ruins desencadeiam no corpo, como fadiga, perda do apetite e anemia. As causas para o cortisol baixo podem ser a disfunção das glândulas adrenais por depressão crônica, inflamação, infecção ou tumor, por exemplo. Outra causa importante de cortisol baixo é a suspensão abrupta do uso de algum corticoide que se esteja usando, como prednisona ou dexametasona.

Para tratar este problema, deve-se resolver a causa, pelo tratamento da depressão ou do tumor, por exemplo, e se o cortisol estiver muito baixo, repor os níveis deste hormônio com o uso de corticoides, como a hidrocortisona, prescrita pelo endocrinologista.

O cortisol age em diversos órgãos do corpo, por isto é um hormônio importante na regulação das funções do organismo. Quando ele está baixo, pode causar sintomas como:

  • Fadiga e falta de energia, por prejudicar a atividade e contração dos músculos;
  • Falta de apetite, pois o cortisol pode regular a fome;
  • Dor nos músculos e articulações, por causar fraqueza e sensibilidade nestes locais;
  • Febre baixa, pois aumenta a atividade inflamatória do corpo;
  • Anemia e infecções frequentes, pois prejudica a formação de células do sangue e o funcionamento do sistema imune;
  • Hipoglicemia, porque dificulta a liberação de açúcar no sangue pelo fígado;
  • Pressão baixa, por causar dificuldade em manter líquidos e regular a pressão nos vasos e coração.

O que significa o cortisol alto?

O cortisol alto é causado pelo consumo de corticoides por período acima de 15 dias, ou pelo aumento da produção deste hormônio nas glândulas supra-renais, devido a estresse crônico ou algum tumor.

Quando se suspeita deste problema, devido aos efeitos negativos do cortisol em excesso, como aumento do peso, pressão alta, diabetes e osteoporose, o clínico geral poderá pedir o exame do cortisol, por dosagem no sangue, urina ou saliva.

O cortisol alto pode originar sinais e sintomas como:

  • Perda de massa muscular;
  • Aumento do peso;
  • Aumento das chances de osteoporose;
  • Dificuldade na aprendizagem;
  • Baixo crescimento;
  • Diminuição da testosterona;
  • Lapsos de memória;
  • Aumento da sede e da frequência em urinar;
  • Diminuição do apetite sexual;
  • Menstruação irregular.

O cortisol alto também pode indicar uma doença chamada Síndrome de Cushing, que gera sintomas como aumento rápido do peso, com acúmulo de gordura na região abdominal, queda de cabelo e pele oleosa. Saiba mais sobre esta doença em: Síndrome de Cushing.

Qual o efeito do cortisol no organismo?

A função do cortisol é ajudar o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, contribuir para o funcionamento do sistema imune e manter os níveis de açúcar no sangue constantes, assim como a pressão arterial.

Os níveis de cortisol no sangue variam durante o dia porque estão relacionados com a atividade diária e a serotonina, que é responsável pela sensação de prazer e de bem-estar.

Leia também, quais são as melhores vitaminas para aumentar a imunidade.

Quando o cortisol é liberado?

O cortisol, que é liberado quando o corpo se encontra em situações de alto estresse físico e mental e alta temperatura, é o principal hormônio catabólico. Então é essencial que o cortisol liberado seja controlado para otimizar o ganho de massa muscular.

O Cortisol é tido como catabólico na medida que tem um efeito oposto ao da testosterona, insulina e hormônio do crescimento (hGH), pois ele decompõe (quebra) o tecido muscular e com isso faz os músculos ficarem menores.

Não há muito o que fazer para restringir completamente a liberação de cortisol no organismo. Apesar do cortisol ser um problema para quem quer ganhar massa muscular, ele é um importante hormônio, que regula a reação inflamatória no corpo e a quantidade de glicose no sangue em períodos de estresse.

Como medir o nível de cortisol?

O exame de cortisol geralmente é pedido para verificar se existem problemas com as glândulas suprarrenais ou com a hipófise, pois o cortisol é um hormônio produzido e regulado por estas glândulas.

Assim, quando existe uma alteração nos valores normais de cortisol é normal que exista uma alteração em alguma das glândulas. Utilizando este exame é possível diagnosticar doenças como Síndrome de Cushing, no caso de cortisol alto ou Doença de Addison, no caso de cortisol baixo, por exemplo.

O cortisol é um hormônio que ajuda a controlar o estresse, diminuir inflamações, melhorar o funcionamento do sistema imune e auxiliar o metabolismo de proteínas, gorduras e carboidratos, mantendo os níveis de açúcar no sangue constantes. Entenda o que é e para que serve o hormônio cortisol.

Existem 3 tipos de exames do cortisol diferentes, que incluem:

  • Exame do cortisol salivar: avalia a quantidade de cortisol na saliva, ajudando a diagnosticar estresse crônico ou diabetes;
  • Exame do cortisol urinário: mede a quantidade de cortisol livre na urina, devendo ser colhida uma amostra de urina durante 24 horas;
  • Exame do cortisol no sangue: avalia a quantidade de cortisol proteico e de cortisol livre no sangue, ajudando a diagnosticar a Síndrome de Cushing, por exemplo - saiba mais sobre a Síndrome de Cushing e como é feito o tratamento.

A concentração de cortisol no organismo sofre variações durante o dia, por isso normalmente são realizadas duas coletas: uma entre 7 e 10h, chamado de exame do cortisol basal ou exame do cortisol 8 horas, e outra às 16h, chamado de exame do cortisol 16 horas, sendo normalmente realizado quando há suspeita de excesso desse hormônio no organismo.

Caso tenha uma receita em mãos, envie agora em nossa plataforma e em seguida você recebera os melhores orçamentos das farmácias de manipulação parceira, de forma simples, segura e gratuita.

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

Albumina manipulada: como manipular

A albulmina manipuladas, são proteínas fundamentais para o funcionamento do corpo. Descubra como manipular nas farmácias de manipulação.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Fórmula manipulada para retenção de líquido

A fórmula manipulada para retenção de líquido, ajuda na diminuição do inchaço corporal. Conheça quais são os principais princípios ativos.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Maca peruana: o que é e para que serve

A maca peruana é um ativo da família do agrião, nabo e repolho. Possuindo propriedade que aumentam a vitalidade e a libido, sendo um energizante natural.

Vanessa Luisa P.P Sollitari