Isolamento domiciliar e quarentena: qual a diferença?

O que exatamente ficar em isolamento domiciliar? Existe diferença entre isolamento e quarentena? Quais os cuidados deve-se tomar em casa? Confira! 

April 01, 2020
mulher com mascara pegando alcool em gel na mesa com computador

Isolamento domiciliar e quarentena são duas das palavras mais usadas nas últimas semanas por especialistas da área de saúde, autoridades e veículos de comunicação. Afinal, as medidas são uma das mais eficientes para combater o novo coronavírus.

Mas o que exatamente ficar em isolamento domiciliar? Existe diferença entre isolamento e quarentena? Quais os cuidados deve-se tomar em casa? Confira!

Qual a diferença entre quarentena e isolamento?

As pessoas costumam confundir quarentena com isolamento. Mas existe uma diferença entre as duas situações:

  • Quarentena: é determinada pelo governo, estabelecendo um prazo necessário para que todos fiquem afastados socialmente de forma a evitar a disseminação do vírus.
  • Isolamento: é voltado a pessoas com suspeitas ou que, de fato, estejam contaminadas pelo Covid-19.

No caso da quarentena, as pessoas só saem de casa para fazer coisas de extrema necessidade, como ir à farmácia, à padaria, ao mercado. Obviamente sob a condição de que não façam disso um evento social. Já os cuidados da pessoa em isolamento são diferentes, pela suspeita de doença.

Que cuidados tomar durante o isolamento?

O ideal é que a pessoa fique sozinha em um cômodo, de preferência em um quarto com banheiro. Ela fica dentro desse ambiente, tendo de higienizar com álcool todos os objetos de que fizer uso frequente.

Caso o banheiro seja de uso comum, é importante que a pessoa sob isolamento seja a última a usá-lo e que, sempre após o uso, higienize-o com álcool 70% ou hipoclorito em todos os locais tocados.

Além disso, todas vezes que sair do quarto e tiver contato com outras pessoas na casa, tem de usar máscara para evitar a transmissão. Os objetos que serão descartados, caso dos lenços, por exemplo, devem ser fechados em sacos para depois serem juntados ao lixo da família e, enfim, recolhidos pelos serviços de limpeza.

O doente também não pode dividir talher, copo ou prato com outras pessoas. “É importante que a pessoa troque a própria roupa de cama, que tem de ser colocada em saco plástico para levar e ser lavada em separado.

É indicado que a limpeza do quarto seja feita pelo próprio paciente isolado. Já a higiene das mãos deve ser feita com água e sabão, por pelo menos 1 minuto; ou com álcool gel 70%, por 20 ou 30 segundos.

Onde comprar álcool em gel?

Um jeito prático e rápido de encontrar a farmácia de manipulação perfeita sem muito esforço é procurar online. Em primeiro lugar, a recomendação do Ministério da Saúde é não sair de casa ou sair o mínimo possível, portanto, realizar a pesquisa online é mais seguro do que circular a cidade e passar por diversas farmácias com o risco de se contaminar.

O segundo passo é encontrar a farmácia ideal, preferencialmente aquela que oferece um preço acessível. Para facilitar ainda mais a compra dos seus medicamentos, invés de procurar o site de diversas farmácias, pesquisar se elas são confiáveis e depois fazer a cotação, fazemos isso para você em segundos! Contamos com uma base de farmácias parceiras, que já passaram por uma curadoria e portanto ganharam o Selo Manipulaê.

Nós podemos fazer o orçamento do seu álcool gel e te apresentar a melhor condição para comprar com diversas farmácias. Para isso, basta clicar aqui e acessar a nossa página de orçamento.

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

Efeitos dos probióticos para imunidade

Para manter a imunidade é importante ter a junção de uma alimentação e com a ingestão de certos probióticos que auxiliaram no processo.

Camilla Moraes

Dramin: para que serve e como usar

O Dramin pode ser muito útil contra tonturas e labirintite, entenda qual a base para construção desse medicamento e se vale a pena o manipular.

Camilla Moraes

Toragesic: para que serve e seus benefícios

O Toragesic é um ativo usado como anti-inflamatório, que auxilia no inchaço da lesão. Evitando assim, um agravamento nas lesões causadas.

Camilla Moraes