Ejaculação feminina: o que é e como acontece

A ejaculação feminina acontece quando a mulher libera um líquido durante o orgasmo. A ejaculação feminina é ligeiramente diferente ao do homem.

November 23, 2021
Corpo de mulher com peças intimas brancas, segurando uma flor rosa perto da região intima

A ejaculação feminina acontece quando a mulher libera um líquido pela vagina durante o orgasmo. Sendo semelhante ao que acontece no homem durante a ejaculação do esperma. 

Embora também possa ser conhecida como squirting ou squirt, que é o que acontece quando a mulher libera urina durante a atividade sexual. A ejaculação feminina é ligeiramente diferente, uma vez que o líquido liberado não é apenas urina, possuindo também uma substância semelhante ao ácido prostático, produzido pela próstata no homem. 

Qual é o líquido liberado na ejaculação feminina? 

Na maior parte das mulheres, o líquido liberado durante o orgasmo é apenas constituído de urina e, por isso, é conhecido como squirt ou squirting. No entanto, existem mulheres que, durante o orgasmo, expelem uma mistura de urina com ácido prostático, que acaba ganhando o nome de ejaculação feminina. 

Embora o líquido da ejaculação possua ácido prostático, isso não quer dizer que a mulher também possua uma próstata, pois esse ácido também é produzido por duas glândulas que se encontram perto do orifício da uretra. Conhecida como glândulas de Skene.


Porque acontece a ejaculação feminina? 

Ainda não é totalmente conhecido o processo. No entanto é possível que a ejaculação feminina aconteça devido à intensa contração das paredes da vagina e de todos os músculos da região em volta. Fazendo com que as glândulas de Skene se contraiam e liberem o ácido prostático, que acaba sendo diluído em alguma urina que vem da contração da bexiga. 


Todas as mulheres conseguem ejacular? 

Embora as glândulas de Skene estejam presentes no corpo de todas as mulheres, a ejaculação feminina não acontece em todas elas. Isso acontece principalmente devido à anatomia de cada mulher e à posição das glândulas. Enquanto algumas mulheres possuem glândulas que permitem uma ejaculação fácil, outras têm muita dificuldade para ejacular. 

Além disso, também existe mulheres que não conseguem relaxar o suficiente durante o contato íntimo para permitir que a intensidade das contrações, durante o orgasmo, produza a ejaculação. Nesses casos, é possível aprender a ejacular através de técnicas de relaxamento e respiração que podem ser feitas durante a atividade sexual. 


É necessário ejacular para ter prazer? 

O prazer durante a relação não depende da ejaculação feminina, uma vez que é possível atingir o orgasmo sem que a mulher libere qualquer tipo de líquido. No entanto, mulheres que conseguem ejacular relatam que esse tipo de orgasmo geralmente é melhor para elas do que o orgasmo sem ejaculação. 


Leia também, como aumentar o libido.


A ejaculação feminina tem cheiro? 

Embora a ejaculação feminina possa conter urina, essa quantidade de urina está bastante diluída com o ácido prostático. O que faz com que a ejaculação não tenha um cheiro específico e sendo, na maioria dos casos, um cheiro neutro. 

Existem diversos medicamentos manipulados que ajudam mulheres e homens nos momentos de prazer, melhorando o tato, o toque e até mesmo o cheiro.

Caso tenha uma receita em mãos, envie agora para a Manipulaê e receba os melhores orçamentos das farmácias de manipulação perto de você. De forma fácil, segura e gratuita.

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

Albumina manipulada: como manipular

A albulmina manipuladas, são proteínas fundamentais para o funcionamento do corpo. Descubra como manipular nas farmácias de manipulação.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Testosterona manipulada: fórmula e dosagem

Testosterona manipulada, saiba tudo sobre ela, desde as fórmulas, até as dosagens e melhores preços nas farmácias de manipulação.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Resveratrol manipulado: conheça mais sobre

Resveratrol manipulado, conheça seus benefícios, como encontrar e os melhores preços nas farmácias de manipulação do Brasil.

Vanessa Luisa P.P Sollitari