Como diminuir o estresse: quais manipulados podem ajudar

Saiba como diminuir o estresse com o uso de manipulados, quais os medicamentos indicados e seus efeitos

September 27, 2021
Mulher com a mão na cabeça e diversas mãos segurando objetos perto dela fazendo pressão

Como diminuir o estresse é a resposta buscada por milhares de pessoas, que diariamente sentem a tensão e demais incômodos gerados por altos índices de cortisol, famoso hormônio do estresse.

O que é estresse?

O estresse é a resposta do corpo a um desafio ou demanda. Todo mundo passa por estresse, que pode ser desencadeado por uma série de eventos, desde pequenos aborrecimentos diários a grandes mudanças, como um divórcio ou perda do emprego.

A resposta ao estresse inclui componentes físicos, como frequência cardíaca e pressão arterial elevadas, pensamentos e crenças pessoais sobre o evento estressante e emoções, incluindo medo e raiva.

Leia também, quais são as causas do estresse.

Embora muitas vezes pensemos nisso como algo negativo, o estresse também pode advir de mudanças positivas em sua vida, como conseguir uma promoção no trabalho ou ter um bebê.

Como diminuir o estresse com o uso de medicamentos?

Como o estresse se manifesta em função do corpo e do cérebro, ambos sistemas essencialmente movidos por produtos químicos, uma ampla variedade de medicamentos pode ser usada para auxiliar no processo de prevenção e alívio do estresse.

Não existe uma família específica de medicamentos usados ​​para diminuir o estresse. Em vez disso, os médicos podem prescrever uma variedade de medicamentos para tratar de sintomas específicos relacionados ao estresse.

Por exemplo, sedativos (também chamados de tranquilizantes, hipnóticos e / ou ansiolíticos), antidepressivos e betabloqueadores têm sido usados ​​para ajudar as pessoas a diminuir o estresse.

Leia também, como o cortisol pode ajudar a diminuir o estresse.

Uma nota de cautela é apropriada em relação ao uso de medicamentos para alívio do estresse: Muitos dos medicamentos que são úteis para o alívio do estresse também são viciantes.

Sérios problemas comportamentais e de saúde são possíveis de ocorrer como resultado do uso de tais substâncias, a menos que haja cuidado.

Todos os medicamentos descritos abaixo (viciantes ou não) têm potencial para efeitos colaterais e riscos à saúde e devem ser usados ​​apenas conforme prescritos por um médico responsável e licenciado.

Medicamentos sedativos (depressores do SNC)

Os medicamentos sedativos deprimem (diminuem ou inibem) a atividade do sistema nervoso central (SNC: compreendendo o cérebro e a medula espinhal), causando uma sensação de relaxamento, ansiedade e tensão reduzidas, sonolência e respiração lenta.

Em doses mais altas, esses medicamentos podem causar fala arrastada, diminuição da capacidade de andar, julgamento insatisfatório e reflexos lentos.

Um dos grupos de sedativos mais comumente prescritos são os benzodiazepínicos.

No que diz respeito aos medicamentos depressores do SNC, os benzodiazepínicos são substâncias relativamente seguras com um potencial de letalidade relativamente baixo.

Uma classe mais antiga de drogas depressoras do SNC, os barbitúricos, são menos seguros de usar (como regra) do que os benzodiazepínicos.

Como resultado, os barbitúricos são menos comumente prescritos hoje. O álcool (o ingrediente ativo em bebidas alcoólicas, cerveja e vinho) também é um sedativo.

Benzodiazepínicos, barbitúricos e álcool produzem seus efeitos calmantes ativando uma substância neurotransmissora de ocorrência natural comumente encontrada no cérebro chamada GABA.

O GABA é um neurotransmissor inibitório cuja função é desacelerar a atividade cerebral. Ao ativar o GABA, os benzodiazepínicos, os barbitúricos e o álcool funcionam para inibir a atividade cerebral e, assim, desacelerar e acalmar o corpo.

Outros medicamentos comumente prescritos com efeitos sedativos incluem anti-histamínicos. A maioria dos medicamentos sedativos têm o potencial de causar dependência fisiológica e psicológica (vício) quando tomados regularmente.

Portanto, uma alternativa mais saudável para diminuir o estresse é por meio de manipulados naturais e prática de hábitos calmantes, como exercícios físicos, meditação e  yoga.

Medicamentos antidepressivos

Os medicamentos antidepressivos derivam seu nome de família de sua função. Eles são usados ​​principalmente para tratar a depressão grave e condições relacionadas.

No entanto, esses medicamentos também têm propriedades ansiolíticas e, em muitos casos, também podem ser usados ​​para tratar sintomas de estresse.

Hoje em dia, uma família particular de antidepressivos conhecida como inibidores seletivos da recaptação da serotonina (SSRIs), são os medicamentos antidepressivos mais comumente prescritos para esse propósito anti-ansiedade e anti-estresse.

Os medicamentos SSRI são nomeados por seu trabalho no nível neuronal do cérebro. Os neurônios (as células primárias que constituem o cérebro e a medula espinhal) conversam entre si por meio de mensageiros químicos conhecidos como neurotransmissores.

Acredita-se que um desses neurotransmissores, a serotonina, desempenha um papel importante na criação de suscetibilidade a condições de depressão e ansiedade.

Durante o processo de comunicação neuronal, um neurônio emissor libera um neurotransmissor químico em um espaço entre os neurônios conhecido como sinapse, onde ele faz contato com um neurônio receptor e estimula esse neurônio a agir.

Tendo completado seu trabalho de comunicação, a serotonina é sugada de volta pelo neurônio emissor em um processo chamado recaptação.

Quando a recaptação acontece muito rápida ou eficientemente (como parece ser o caso na depressão e na ansiedade), o efeito líquido é que não há serotonina suficiente para fazer seu trabalho adequadamente, e podem ocorrer problemas de regulação do humor.

Os SSRIs e medicamentos semelhantes retardam o processo de recaptação, de modo que a serotonina permanece na sinapse por mais tempo.

O aumento dos níveis de serotonina podem, em parte, melhorar o humor de uma pessoa e diminuir os sentimentos de ansiedade.

Como diminuir o estresse com suplementos nutricionais

Embora a maioria dessas substâncias ocorra naturalmente (por exemplo, são colhidas de plantas em vez de criadas em um laboratório), isso não significa que essas substâncias sejam inofensivas.

Em certas doses e certas combinações, tais suplementos podem agravar as condições médicas e / ou interferir na eficácia dos medicamentos prescritos. É sempre aconselhável consultar um médico treinado em medicina complementar e alternativa antes de usar qualquer uma dessas substâncias fitoterápicas ou nutricionais.

A fim de saber como essas substâncias atuam, bem como seus potenciais efeitos colaterais.

Como podemos lidar com o estresse de maneira saudável?

O estresse tem um propósito importante, pois nos permite responder rapidamente às ameaças e evitar o perigo.

No entanto, a exposição prolongada ao estresse pode levar a problemas de saúde mental (por exemplo, ansiedade e depressão) ou aumento de problemas de saúde física.

Um grande número de pesquisas sugere que o aumento dos níveis de estresse interfere na sua capacidade de lidar com doenças físicas. Embora ninguém possa evitar todo o estresse, você pode trabalhar para controlá-lo de maneiras saudáveis ​​que aumentem seu potencial de recuperação.

Como por exemplo:

  • Fazendo exercícios diariamente (caminhadas, yoga, musculação, dança, lutas, natação, tênis, vôlei, pilates, etc)
  • Se alimentando com produtos naturais e saudáveis (frutas, verduras, cereais, alimentos frescos)
  • Estando com quem você ama (visitar familiares e amigos)
  • Tempo de qualidade consigo mesmo (fazer atividades que goste, como ler, assistir um filme, meditar, cuidar de si, skin care)
  • Ajudar alguém (é comprovado cientificamente que quando ajudamos alguém nosso corpo libere serotonina, conhecido como hormônio da felicidade)

Em qual farmácia manipular os meus medicamentos?

Qualquer substância ingerida deve ser tratada com cuidado e zelo pela sua saúde, não é mesmo? Por isso, escolher uma farmácia de confiança é fundamental.

Nós da Manipulaê temos uma plataforma que faz essa pesquisa para você. Basta enviar a foto da sua receita que nós encontramos a melhor farmácia para você manipular os seus medicamentos, cosméticos e dermocosméticos.

Clique aqui para cotar a sua receita!

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

O que é forma farmacêutica e via de administração?

Descubra o que é forma farmacêutica, quais as vias de administração e os efeitos de cada uma.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

O farmacêutico pode prescrever? Descubra mais sobre essa profissão

Farmacêutico pode prescrever? Descubra essa e outras informações sobre essa profissão tão importante.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Dermocosméticos: produtos estéticos para a sua pele

Saiba o que são dermocosméticos, quais os benefícios dos dermocosméticos e onde manipular

Vanessa Luisa P.P Sollitari