Anemia no período menstrual

Saiba o por que muitas mulheres sofrem com a anemia durante o período menstrual, como o ferro pode te ajudar nesse período, quais são as consequências e muito mais.

Menina deitada com as mãos na barriga como se sentisse dor

Muitas mulheres sofrem com a anemia durante o período menstrual, perdendo muito sangue, sentindo muita cólica, sem apetite e até mesmo perdendo o sono. Com todos esses sintomas, podemos perceber que o ferro pode estar beixo e com a ingestão do ferro, pode te ajudar nesse período.

Por que muitas mulheres sofrem com a anemia durante o período menstrual?

A menstruação é decorrente de um ciclo mensal da mulher que ocorre todos os meses. O útero é preparado e forma um revestimento interno para que possa ocorrer a fecundação e o embrião se desenvolver. Quando não há fecundação esse revestimento é descartado e ocorre a menstruação.

As mulheres apresentam sintomas e fluxos diferentes durante o ciclo menstrual e esses fatores podem implicar em perdas de ferro todo mês e uma das consequências é o surgimento da anemia.

Qual a importância do ferro no organismo?

A manutenção dos níveis de ferro no organismo é fundamental para estabelecer o equilíbrio das funções fisiológicas como por exemplo o transporte de oxigênio. A deficiência de ferro é considerada um problema de saúde pública que afeta uma grande parte da população e suas causas podem ser devido a dieta, absorção intestinal prejudicada e fluxo menstrual intenso. É definida pela Organização Mundial da Saúde como uma condição em que a hemoglobina está abaixo do normal e sua capacidade de transporte de oxigênio é insuficiente para atender às necessidades fisiológicas, que variam de idade, sexo e gravidez.

Quais são as recomendações de ferro para mulheres?

As recomendações diárias de ferro para mulheres são de 18 mg/dia e para homens de 8 mg / dia, uma das diferenças dessas recomendações são devido a perda de ferro durante o ciclo menstrual. Segundo o relatório da OMS de 2020, as abordagens e metas globais de redução de 50% na porcentagem das mulheres que possuem anemia até 2025 pode não ser alcançada se os esforços desejados para essa redução não forem aplicados e olhadas com prioridade. Os esforços para prevenção da anemia devem ser somados aos da alimentação e também devido a grandes perdas de ferro que ocorre durante a menstruação que é umas das causas da anemia em mulheres na fase reprodutiva (fase reprodutiva compreende em média dos 15 aos 49 anos).

Leia também, 5 dicas de como manter a saúde da mulher em dia.

Quais são as consequências dos baixos níveis de ferro no organismo?

A presença do ferro no organismo é fundamental para que ocorra a síntese de células vermelhas e transporte de oxigênio para as células do corpo. Os glóbulos vermelhos contêm em média 70% do ferro encontrado na forma de hemoglobina. A hemoglobina é uma proteína fundamental e responsável pelo transporte de 97% da transferência de oxigênio dos pulmões para os tecidos. Sua diminuição contribui para a anemia e menor oxigenação dos tecidos.

Sintomas da anemia

Os sintomas da anemia são sensação de cansaço, fadiga, tontura, memória prejudicada, sonolência, falta de ar, batimentos cardíacos acelerados e outros sintomas individuais que prejudicam a qualidade de vida das mulheres que estão em um período de intensa atividade. Esses sintomas implicam em atividades e capacidades físicas prejudicadas, desempenho profissional e de estudos que podem ficar comprometidos e também o estado imunológico. As mulheres que apresentam esses sintomas precisam conversar com o seu médico para que possa solicitar exames laboratoriais para avaliar a melhor forma de tratamento.

Um estudo realizado por Rai e Mishra (2021), com 200 mulheres avaliou a prevalência de anemia por deficiência de ferro em mulheres com idade reprodutiva e que teve como objetivo conhecer a prevalência de anemia ferropriva e a sua associação com a menstruação. Esse estudo mostrou que a anemia encontrada nessas mulheres foi de 66,5%, sendo que um dos fatores predisponentes para a anemia era o sangramento menstrual excessivo. Nestes casos a reposição do ferro e a melhor forma de tratamento precisa ser avaliada por um especialista para indicar uma suplementação e também fazer indicação de alimentos fontes de ferro e a sua melhor forma de absorção, para que as perdas de ferro durante o ciclo menstrual não tenham agravamentos e implicações na qualidade de vida das mulheres.

Quais são as fontes alimentares de ferro?

As fontes alimentares de ferro que podem auxiliar na redução do risco de desenvolver anemia são as fontes animais como as carnes e os vegetais como as leguminosas (grão de bico, lentilha, ervilha, feijão carioca etc..) e vegetais verdes escuros (couve, brócolis, rúcula, espinafre entre outros), cereais (quinoa, amaranto, cevada, aveia e outros). Alguns vegetais apresentam os taninos e fitatos que podem prejudicar a absorção do ferro. Para reduzir esses componentes e aumentar a absorção de ferro existe uma estratégia que é a geminação, fermentação e deixar de molho em água. Essas são boas estratégias para reduzir esses fatores que inibem a absorção do ferro presente nos grãos, cereais e leguminosas.

Leia também, como aumentar a sua imunidade com suplementos.

Como melhorar a absorção do ferro?

Para potencializar a absorção do ferro é fundamental a ingestão de alimentos fontes de vitamina C como laranja, limão, kiwi e acerola. Um estudo mostrou que ingerir 100mg de vitamina C em uma refeição refletiu em melhor absorção de ferro sendo de até 67%.

O ferro é um elemento fundamental no organismo que desempenha funções importantes para manutenção da saúde. As mulheres em fase reprodutiva demandam maiores preocupações em relação ao nível de ferro no organismo devido ao risco de desenvolvimento de anemias nesta faixa etária.

Uma dica é buscar orientação de um especialista o mais rápido possível para que as intervenções sejam rápidas e os sintomas excluídos. Os sintomas implicam em qualidade de vida prejudicada devido aos impactos na vida social.

Tem sua receita de produtos manipulados em mãos? Faça uma cotação gratuita na Manipulaê! Em seguida, nossas farmácias de manipulação parceiras vão lhe enviar orçamentos direto para o seu e-mail. Assim, fica muito mais fácil de você comparar e comprar pelo melhor preço o produto manipulado!

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

Albumina manipulada: como manipular

A albulmina manipuladas, são proteínas fundamentais para o funcionamento do corpo. Descubra como manipular nas farmácias de manipulação.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Fórmula manipulada para retenção de líquido

A fórmula manipulada para retenção de líquido, ajuda na diminuição do inchaço corporal. Conheça quais são os principais princípios ativos.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Maca peruana: o que é e para que serve

A maca peruana é um ativo da família do agrião, nabo e repolho. Possuindo propriedade que aumentam a vitalidade e a libido, sendo um energizante natural.

Vanessa Luisa P.P Sollitari