Amamentação: técnicas e manipulados

Ao contrário do que aparece nos filmes e novelas, a amamentação não é algo automático e tão simples, mas sim, algo a ser aprendido pela mamãe e pelo baby. Saiba algumas técnicas e quais manipulados podem ajudar nesse período.

Mulher segurando um bebê que está sendo amamentado

A fase de amamentação pode ser muito complicada para as novas mamães. Isso porque esse é um período novo na vida de qualquer mulher, onde nem todas as técnicas foram desenvolvidas e aprendidas ainda. Por conta do cenário desafiador, pode ser complicado lidar com a amamentação. 

Mas, para tal, o melhor a fazer é aprender novas técnicas para melhorar o desempenho enquanto amamenta o seu filho. Existem posições, formas e meios de lidar melhor com o processo de amamentação, saciando a criança. 

Considerando que nem sempre essas técnicas são tão difundidas, é necessário buscar o conhecimento para atingir os objetivos como mãe. E também, há ainda remédios manipulados que podem ajudar as mães a amamentar melhor. 

Existem remédios que estimulam a produção de leite materno, por exemplo, algo que ajuda muitas as mães com essa dificuldade. 

Vale ressaltar que algumas mulheres, por questões hormonais, apresentam maiores dificuldades para chegar a um nível aceitável de produção de leite materno. 

Além disso, outros remédios ainda têm o efeito de relaxar a musculatura feminina, fazendo com a mulher fique menos tensa ao amamentar a criança. 

Veja, a seguir, quais técnicas e quais remédios podem ser mais eficientes para maximizar o seu desempenho ao longo da amamentação.

Fatores que atrapalham a amamentação

Existem fatores naturais que podem atrapalhar a amamentação correta. Sendo assim, alguns desses fatores podem até mesmo fazer com que a mulher não consiga amamentar o bebê. 

É importante ter esse nível de conhecimento, pois assim evita-se frustrações e há meios para chegar a um profissional de saúde competente. Um exemplo de fator que impede a correta amamentação é a dor ao amamentar, algo que pode se dar pela sensibilidade em excesso na região do mamilo. 

Além disso, a candidíase mamária é uma doença que pode afetar de maneira muito intensa a fase de amamentação. A mastite também impede a correta amamentação.

Vale ressaltar que a mastite é a inflamação das glândulas mamárias, que geralmente vem acompanhada de uma bactéria. Essa doença é muito comum em mulheres que acabaram de dar à luz, mas também pode surgir em outros momentos. 

Veja, além dos problemas citados, quais outras condições podem atrapalhar a amamentação:


  • Mamilos invertidos;
  • Mamilos planos;
  • Abscesso mamário;
  • Ingurgitamento mamário.
  • E outros.


É importante que, aos primeiros sinais de problemas ao realizar a amamentação, o médico de confiança da família seja procurado. 

Lembre-se ainda de que problemas relacionados ao bebê podem impedir uma correta amamentação, não havendo a apenas a possibilidade de que o problema de saúde seja da nova mamãe.

Fatores relacionados ao bebê incluem:


  • Prematuridade extrema;
  • Má formação;
  • Candidíase oral;
  • Distúrbios neurológicos.
  • E outros.


Ao procurar ajuda médica aos primeiros sinais de dificuldades de amamentação as chances de reversão são enormes, fazendo da amamentação um momento mágico entre mãe e filho(a). 


Leia também, como as vitaminas podem ajudar na gestação.

Técnica eficiente de amamentação

Há muitas técnicas de amamentação, mas uma, em particular, é mais eficiente para a maior parte das mamães. 

É claro que você pode tentar outras opções, mas arrisque apenas depois de testar a técnica de amamentação que será descrita a seguir. 

Antes de tudo, a mamãe deverá estar em uma posição bastante confortável. 

Sente-se em uma cadeira ou poltrona que gosta, por exemplo. O objetivo é fazer com que o bebê abocanhe o mamilo por completo. 

A mãe deve posicionar a mão bem abaixo da mama, com o polegar para cima e o indicador na parte de baixo (formando um C). As duas mamas devem ser oferecidas ao bebê, que terá o direito de escolher. 

A partir da segunda mamada, comece sempre pela que foi usada da última vez, para esgotar o leite presente naquela mama. 

Em seguida, para a pegada certa, será necessário seguir o passo a passo:


  • O queixo do bebê tocará a mama;
  • A boca deve estar bem aberta;
  • A aréola mais visível deve estar acima da boca do bebê.


Em seguida, vem a parte da posição correta:


  • O corpo do bebê estará próximo ao da mamãe;
  • O bebê deve estar bem apoiado;
  • Tronco e cabeça do bebê estarão alinhados;
  • O rosto do bebê deve estar na altura do mamilo, de frente.


Após fazer isso, basta deixar com que o bebê realize a sucção do leite, consumindo todo o conteúdo e todos os nutrientes. 

Medicamentos manipulados para estimular a amamentação

Os medicamentos manipulados podem ser muito úteis para estimular a correta amamentação do bebê. 

Há mulheres que não conseguem manter a produção adequada de leite materno, o que é um problema. Nesse caso, é necessário fazer uso de medicamentos manipulados. 

Mas, lembre-se sempre de que o uso desses remédios depende de um profissional de saúde. Portanto, a automedicação não pode ser realizada.

Os remédios mais recomendados para estimular a produção de leite materno são:


  • Domperidona;
  • Metoclopramida;
  • Sulpirida.


Contudo, como explicado, é fundamental que o médico de confiança da família dê o aval para que um remédio manipulado possa ser consumido pela mamãe. 

Pois, em muitos casos, há outras opções que devem ser testadas antes de partir para o consumo de medicamentos manipulados. 

Em todo caso, o fato é que esses remédios tendem a funcionar muito bem, elevando a produção de leite materno e tornando o processo de amamentação menos doloroso.

Dicas de alimentação durante a amamentação

Além dos remédios e da posição correta para a amamentação, existem ainda dicas que podem ajudar as novas mães a amamentar melhor. Uma delas, por exemplo, consiste no consumo de água por parte da mãe. 

Recomenda-se que, ao longo da fase de amamentação, a mulher consuma ao menos 2 litros de água – se possível, quanto mais melhor. Além disso, o consumo de peixes 3 vezes por semana é o ideal, além de priorizar o consumo de alimentos orgânicos. 

Bebidas que contenham cafeína ainda devem ser evitadas, assim como os refrigerantes de todos os tipos e, é claro, as bebidas alcoólicas. 

Frutas e verduras devem compor a alimentação, com forte presença na dieta. 

Seguindo essas dicas de alimentação, a amamentação será uma fase muito mais tranquila e saudável, tanto para a mãe quanto para o bebê.


Caso tenha uma receita em mãos, envie agora para a Manipulaê e receba os melhores orçamentos perto de você!

Receba as melhores ofertas para sua receita de manipulados!

Mais artigos

Fórmula manipulada para retenção de líquido

A fórmula manipulada para retenção de líquido, ajuda na diminuição do inchaço corporal. Conheça quais são os principais princípios ativos.

Kathy Ortiz Brianesi

Albumina manipulada: como manipular

A albulmina manipuladas, são proteínas fundamentais para o funcionamento do corpo. Descubra como manipular nas farmácias de manipulação.

Vanessa Luisa P.P Sollitari

Alecrim: quais são seus benefícios e para que serve?

O Alecrim possui diversos benefícios, como ação digestiva, auxilia na ansiedade e dores de cabeça, possuem ação antioxidante e anti-inflamatória.

Kathy Ortiz Brianesi